O Que é?

 

O Selo Angus Sustentabilidade atesta a adoção de boas práticas de Sustentabilidade, Responsabilidade Social, Rastreabilidade, Sanidade, Bem-estar Animal e Biossegurança em propriedades que utilizam a genética Angus. Lançado em junho de 2019, o programa é o único do gênero no país a estar lastreado por uma certificadora externa. Com mais de cem anos de experiência internacional, a alemã Tüv Rheinland é referência em atestar processos produtivos nos cinco continentes.

Para poder estampar o selo nos rótulos de seus produtos, as propriedades precisam encaminhar solicitação à Associação Brasileira de Angus e seguir as orientações de protocolo específico. À associação, cabe o dever de selecionar e credenciar propriedades aptas e assegurar o cumprimento das regras básicas de enquadramento: animais 100% rastreados; animais com, no mínimo, 50% de sangue Angus, propriedades rurais independentemente do sistema de criação e que atendam a padrões e critérios de Sustentabilidade. Para isso, destinará técnicos para acompanhar os processos produtivos nas fazendas credenciadas e orientar os pecuaristas sobre boas práticas de produção.

Transcorridos os trâmites junto à Angus, é preciso submeter a propriedade a processo de auditoria. Em campo, os técnicos da Tüv Rheinland farão um check-list da fazenda quanto a temas técnico como, por exemplo, preservação de vegetações nas nascentes e em área de reserva natural, descarte adequado de embalagem vazias de defensivos agrícolas e de medicamentos, uso de queimadas, plano de recuperação de áreas degradadas, contratação de funcionários devidamente registrados e medidas anti-estresse animal.

A iniciativa visa alinhar a produção de Carne Angus Certificada a novas tendências de consumo, em um mercado onde as famílias estão mais preocupadas com a origem dos alimentos e buscando mais informações sobre os sistemas de produção dos itens que adquirem.

 

 

pequeno