Angus amplia protocolo de boas práticas com lançamento do Manual de Sustentabilidade

A partir de agora, criadores de Angus de todo o Brasil podem ter acesso a informações que os auxiliam a colocar em prática ações sustentáveis em suas propriedades. A Associação Brasileira de Angus lançou, nesta segunda-feira (29/8), durante a Expointer o Manual Selo Angus Sustentabilidade, publicação disponível nas versões impressa e digital. A ideia é que, com o material em mãos, os produtores invistam cada vez mais nessas ações e, dessa forma, possam estampar em seu produto final o Selo Angus Sustentabilidade. A chancela, além de garantir maior valorização à carne, atende às novas exigências dos consumidores, que buscam saber a origem dos alimentos.   

O projeto desenvolvido em parceria com a Embrapa é mais um capítulo de uma iniciativa consolidada em 2019, com o lançamento do Selo Carne Angus Sustentabilidade. A chancela atesta a adoção de responsabilidade ambiental, responsabilidade social, rastreabilidade, sanidade, bem-estar animal e biossegurança em propriedades que utilizam a raça. Neste sentido, a cartilha dá prosseguimento às ações do Protocolo Angus Sustentabilidade ao disponibilizar as recomendações e os critérios necessários para a conquista do crivo da Angus. A publicação também traz embasamento legal sobre o tema. 

O presidente da Associação Brasileira de Angus, Nivaldo Dzyekanski, destacou que o projeto lançado nesta Expointer é fruto de uma demanda crescente dos produtores sobre práticas sustentáveis que se formou com a criação do Selo Carne Angus Certificada. “Após ouvir inúmeras dúvidas, resolvemos atender ao pedido dos próprios produtores e dar vida a esse manual, que consideramos um trabalho objetivo e didático para que os criadores possam cada vez mais produzir melhor e tornarem-se candidatos ao Selo Angus Sustentabilidade”, pontuou. 

De acordo com o chefe-geral da Embrapa Pecuária Sul, Fernando Cardoso, o produto da parceria Angus e Embrapa, levará conhecimentos e ferramentas de gestão aos mais de 12 mil rebanhos fornecedores de animais para o Programa Carne Angus Certificada em todo o Brasil. “A busca da sustentabilidade é um processo dentro das fazendas e vamos avançar mais nesse sentido trazendo tecnologias que aportam conhecimentos e técnicas aos produtores. Desenvolver um alimento cada vez mais qualificado, saudável e que considere todo o processo de produção”, afirmou. O desafio, segundo Cardoso, também é buscar uma raça Angus brasileira mais tropicalizada, resistente ao carrapato e de pelagem mais curta, além de animais mais eficientes e que emitam menos metano.

A necessidade de agregar valor à carne premium brasileira ao mesmo tempo em que atende a uma demanda crescente de consumidores preocupados com o meio ambiente justifica mais essa iniciativa da Angus, na opinião da gerente nacional do Programa Carne Angus Certificada, Ana Doralina Menezes. “Com a grande procura que tivemos, a partir do Selo Angus Sustentabilidade, sentimos a necessidade de orientar, apoiar e mais do que tudo, capacitar nossos produtores para que busquem cada vez mais a excelência verde em seus processos”, frisou. 

O Manual Selo Angus Sustentabilidade estará disponível aos produtores, de forma virtual, no site da Angus.

Crédito: Gessica Moraes

Angus na Expointer 2022

A Associação Brasileira de Angus participa da Expointer 2022 com 161 animais inscritos (66 exemplares de argola e 75 rústicos Angus e 12 de argola e 8 rústicos da Ultrablack). A raça terá intensa programação, com julgamentos, eventos na casa no Parque de Exposições Assis Brasil, lançamentos e fórum técnico.  

A Associação fará a transmissão dos julgamentos e eventos ao vivo pelo seu canal no YouTube (www.youtube.com/user/Brasilangus). A Angus conta com a parceria permanente da Genex e da Socil e, na Expointer 2022, da Neogen e Datamars.  

0 comentários on Angus amplia protocolo de boas práticas com lançamento do Manual de Sustentabilidade