Técnicos das raças Angus e Ultrablack passaram por qualificação e credenciamento

Inspetores técnicos das raças Angus e Ultrablack passaram por processo de qualificação e credenciamento nesta segunda e terça-feira (21 e 22/2). O evento, realizado na Estância Santa Eugênia, em Jaguari (RS), contou com a participação de 16 profissionais que atuam na região Sul do país (Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná). Eles foram avaliados em provas teóricas e práticas com o intuito de serem credenciados oficialmente como técnicos da raça Ultrablack ou recadastrados para atuarem como inspetores da Angus. Além disso, foram feitas avaliações para esses profissionais continuarem ou se tornarem avaliadores do Programa de Melhoramento de Bovinos de Carne (Promebo).

Segundo o gerente de Fomento da Associação Brasileira de Angus, Mateus Pivato, o encontro, promovido em parceria com a Associação Nacional de Criadores Herd-Book Collares (ANC), foi bastante construtivo uma vez que foram realizadas apresentações sobre a raça Ultrablack e sobre o Promebo. “É de extrema importância que esses profissionais estejam sempre atualizados sobre as raças e, é claro, sobre melhoramento genético. Pois, eles representam a associação a campo e auxiliam os criadores para que tenham os melhores resultados”, destaca. A propriedade e os animais para as provas foram cedidos pelo criador João Francisco da Silveira Neto, da Santa Eugênia.

Crédito: Márcio Sudati

A ideia, segundo Márcio Sudati, presidente do Conselho Técnico da Angus, foi avaliar os técnicos para ver em que nível de conhecimento estavam e, assim, seguirem trabalhando com o registro da raça Angus ou iniciarem com o registro da Ultrablack. “Os técnicos da Angus têm um nível excepcional de conhecimento. É uma equipe extremamente diferenciada e a associação é privilegiada por ter esse corpo técnico atuando junto das raças Angus e Ultrablack”, pondera. Luiz Felipe Cassol, presidente do Conselho Deliberativo Técnico da raça Ultrablack, acrescenta que foi possível “enxergar toda a qualidade e a capacidade do corpo técnico da Associação Brasileira de Angus”. Uma segunda etapa do processo está prevista para ocorrer em maio, em São Paulo, com inspetores das regiões Sudeste e Centro-Oeste.

Superintendente de registros da ANC, Silvia Freitas, reforça que a qualificação dos profissionais que já atuam a campo contribui com o aperfeiçoamento das informações entregues aos criadores. “Detalhamos como devem ser coletadas as características a campo para as avaliações do Promebo e como o criador deve ser orientado com relação ao manejo dos animais para fazer parte do programa, assim como buscamos instruí-los sobre as vantagens dessa avaliação”.

Crédito: Katiulci Santos

0 comentários on Técnicos das raças Angus e Ultrablack passaram por qualificação e credenciamento