Trabalho que visa a pecuária do futuro

É rodando os municípios do Paraná que o médico veterinário Guilherme Serpa Maciel vive seus dias de trabalho no Programa Carne Angus Certificada. Na empresa desde 2016, o técnico destaca que a raça é sinônimo de qualidade e segurança para o consumidor, com procedência garantida do pasto ao prato. “Integrar a Angus é estar fomentando a raça que mais cresce no Brasil, difundindo seus pontos fortes e sua versatilidade para todas as regiões do país”, afirma.

Durante a lida, Maciel pontua que um dos principais desafios é o deslocamento, visto que o profissional precisa dirigir por diversos quilômetros para visitar as fazendas dos criadores da raça. No entanto, essa rotina intensa não desanima os objetivos do médico veterinário, que busca auxiliar a Angus no caminho para a pecuária do futuro. “Em 2030, vejo a Angus como referência mundial em carne de qualidade e pretendo fazer parte desse processo”, pondera.

Um dos momentos mais marcantes vividos pelo técnico foi um treinamento na unidade de Mineiros (GO), onde Maciel teve a oportunidade de conhecer propriedades com sistemas de produção bem diferentes, uma planta frigorífica maior e um confinamento para 6.000 animais estáticos. Além das atividades no Carne Angus, o profissional também dedica seu tempo a esposa Victória Franquito e a filha Helena Franquito Maciel, que completou dois anos recentemente. Nas horas vagas, a família gosta de visitar os campos verdes do sul do Estado.

Direto ao ponto
Nome: Guilherme Serpa Maciel
Idade: 29 anos
Formação: Medicina Veterinária pela Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro)
Cargo: Técnico em Controle de Qualidade
De: Curitiba (PR)
Está na Angus desde: 2016
Para você, Angus é… a chave para uma pecuária mais produtiva e lucrativa.
Prato favorito com Angus? Shoulder Steak assado na brasa com legumes e batatas rústicas.

Compartilhar
0 comentários on Trabalho que visa a pecuária do futuro