Soldera, Ouro Preto e Progresso lideram Ranking Nacional Angus 2020

Pelo quarto ano consecutivo, a Cabanha Soldera, de Panambi (RS), é a campeã do Ranking Nacional de Expositores Angus entre os exemplares rústicos. A propriedade de Irmãos Soldera Agropecuária conquistou o primeiro título em 2017 e desde então mantém a liderança, colecionando uma série de vitórias nas pistas de exposições ranqueadas. Em segundo lugar, destacou-se a Fazenda Ouro Preto, de Zélio Teixeira Dias, de Pedras Altas (RS), seguida da Agropecuária Progresso do Tarumã, do pecuarista Marcio Sudati, de São Francisco de Assis (RS).

Segundo o presidente da Associação Brasileira de Angus, Nivaldo Dzyekanski, a disputa fomenta a participação de criadores de Angus em exposições, além de reconhecer o trabalho realizado pelas propriedades. “Os eventos são uma vitrine para os animais da raça. Ano após ano, vemos a qualidade dos exemplares expostos aumentar e isso é reflexo de um trabalho de seleção e manejo feito dentro das cabanhas e que é incentivado pela Angus”, ressalta.

O Ranking 2020 foi definido pelas exposições realizadas no segundo semestre de 2019, em função da pandemia. Conforme o regulamento, seriam consideradas as exposições ocorridas até a Expointer, porém, os eventos do primeiro semestre deste ano foram cancelados, não podendo fazer parte da  pontuação. “Nossa expectativa é que, em 2021, as exposições possam ser retomadas com força e, é claro, com segurança e saúde, para que os criadores e expositores possam evidenciar a genética Angus nas pistas”, declara Dzyekanski.

Em razão da pandemia e do ano atípico, não ocorrerá a tradicional festa da Associação, momento onde os premiados seriam reconhecidos. Por isso, conforme decisão da maioria dos vencedores, os troféus serão entregues na primeira oportunidade de confraternização presencial realizada pela Angus no próximo ano.

Ranking Estadual
Também foram divulgados pela Angus os vencedores do ranking estadual de criadores e expositores de argola e rústicos. Em Santa Catarina, a criadora Stephany Martins Melo dos Santos, da Cabanha Florapina, de Urupema (SC), foi a campeã do ranking estadual de expositores e criadores de argola. Em segundo lugar, destacou-se o criador Nivaldo Dzyekanski, da Fazenda Brasil Florestal, de Itaiópolis (SC), seguida de Nelson Antônio Serpa, da Fazenda Água Boa, de Campos Novos (SC).

A Fazenda São Marco, do Grupo Fazendas Reunidas Pansul LTDA, de Itapeva (SP), levou o título entre os expositores de argola de São Paulo. Em segundo lugar, ficou o criador Paulo de Castro Marques, da Casa Branca Agropastoril, de Silvianópolis (MG). A terceira colocação foi ocupada pela Fazenda Fumaça, da Agropecuária Fumaça LTDA, de Paranapanema (SP).

O primeiro lugar do ranking de criadores de argola de São Paulo ficou empatado entre a Fazenda Reunidas Pansul LTDA e a Agropecuária Fumaça LTDA. O segundo lugar ficou com o criador Paulo de Castro Marques, da Casa Branca Agropastoril, seguido de Paulo Sérgio Correa Vianna, do Sítio Terras de São José de Potyrendaba, de Potirendaba (SP).

No Rio Grande do Sul, entre os expositores de rústicos, a vitória foi dos Irmãos Soldera, da Cabanha Soldera, de Panambi (RS). A vice-campeã foi a Parceria Rotta Assis, da Estância Tradição, de Santa Vitória do Palmar (RS). Em terceiro lugar, consagrou-se Zélio Teixeira Dias, da Fazenda Ouro Preto, de Pedras Altas (RS).

Crédito: Gabriel Olivera

Compartilhar
0 comentários on Soldera, Ouro Preto e Progresso lideram Ranking Nacional Angus 2020