Leilão da Cabanha da Barragem registra média de R$ 11 mil para touros Angus

Com pista limpa e valorização de exemplares de diferentes genéticas, a primeira edição exclusivamente virtual do leilão da Cabanha da Barragem, de Quaraí (RS), registrou média de R$ 11.040,00 para touros Angus e de R$ 5.000,00 para vacas da raça. Realizado nesta segunda-feira (26/10), o remate alcançou faturamento total de R$ 473.600,00 com a comercialização de 31 reprodutores, sendo 14 Angus, e de 29 fêmeas da raça, além de 10 equinos. “O valor faturado foi, aproximadamente, R$ 150 mil a mais do que no ano passado”, destaca o proprietário da Cabanha, Ricardo Macedo Gregory.

Filho de SAV Resource, reprodutor que fez história na raça Angus, o touro de tatuagem 942 alcançou o preço top do pregão junto do exemplar de tatuagem 913, ambos arrematados por R$ 15.000,00. O de tatuagem 942 foi vendido para Manoel Oyhenard, de Uruguaiana (RS), e o de tatuagem 913 para Roberta Brandolt, de Quaraí. “As DEPs desses animais fizeram com que eles tivessem essa valorização”, afirma Gregory. O criador considera bom o resultado da comercialização da oferta.

A Leiloeira responsável pelo remate foi a Coxilha Remates e o martelo ficou sob o comando do proprietário do escritório, Henrique Lamego, que esteve assessorado de Arthur Freitas. O pregão foi transmitido pela pelo Lance Rural.

Crédito: Lance Rural/ Reprodução

Compartilhar
0 comentários on Leilão da Cabanha da Barragem registra média de R$ 11 mil para touros Angus