Cabanha Santa Maria tem pista limpa e médias de R$ 12,3 mil

A comercialização de 150 exemplares de diferentes raças, entre elas Angus, garantiu pista limpa na 46ª edição do Leilão Virtual da Cabanha Santa Maria, de São Gabriel (RS). Realizado na segunda-feira (5/10), o pregão teve média de R$ 12,3 mil para os touros Angus, de R$ 5,5 mil para as fêmeas PO e de R$ 5 mil para as fêmeas CA. O remate conduzido pela Parceria Leilões e Programa Leilões, com Fábio Crespo no martelo, alcançou faturamento de R$ 610.920,00.

O formato virtual, que ganhou força nesta temporada em função da pandemia, conquistou o proprietário da Cabanha Santa Maria, Benedito Franco. “Montei um QG em São Gabriel para alguns convidados acompanharem o remate, com três pisteiros e isso foi um divisor de águas. Ano que vem eu não volto atrás do virtual”. O criador ressaltou que deve manter também a estrutura do QG para convidados. A transmissão por plataformas virtuais do Lance Rural, Remate Web, YouTube e Facebook contribuiu para distribuir os interessados e os clientes que foram do Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul.

O exemplar mais valorizado foi o touro Angus tatuagem 116. O reprodutor foi vendido por R$ 14,4 mil para a criadora Clarice Bento Pereira Assis Brasil, que há 12 anos aposta na genética da Cabanha. “É a cliente mais fidelizada”, afirma Franco.

Reprodução/Lance Rural

 

Compartilhar
0 comentários on Cabanha Santa Maria tem pista limpa e médias de R$ 12,3 mil