Parceria entre ABCCC, Canal Rural e Angus mostra força da genética da raça no MS

A qualidade da carne Angus Certificada proveniente do cruzamento industrial realizado na região Centro-Oeste pode ser apreciada de perto pelos criadores de gado e de cavalo crioulo do Mato Grosso do Sul. Os cortes foram servidos durante etapa classificatória do Freio de Ouro, realizada no último dia 6 de julho em Campo Grande.

Cerca de 30 quilos de carne proveniente do Frigorífico Marfrig (unidade Bataguassu),foram preparados pela churrasqueira Clarice Chwartzmann, que serviu um corte de dianteiro assado na parrilla. “Os participantes puderam degustar a suculência, a maciez e o sabor proporcionados pela genética Angus nos rebanhos do cerrado brasileiro”, afirma a gerente nacional do Programa Carne Angus Certificada, Ana Doralina Menezes.

O evento foi considerado estratégico para a Associação Brasileira de Angus. De acordo com Ana Doralina, foi a oportunidade de mostrar, na prática, a qualidade da carne Angus produzida na região. “O Centro-Oeste é responsável pelo crescimento da raça no cruzamento industrial, alavancando os resultados de venda de sêmen e de utilitários da raça no Brasil”, declara.

Esta foi a terceira etapa classificatória do Freio de Ouro que contou com a qualidade da carne Angus Certificada em 2019. Os cortes já foram servidos no Bocal de Ouro (abril) e na Fenasul (maio), e serão novamente degustados durante a Expointer (agosto), durante a grande final da competição. Os eventos decorrem da parceria entre a Associação Brasileira de Angus, a Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) e o Canal Rural. “Estaremos prestigiando o maior evento de Cavalos Crioulos do Brasil com o que há de melhor no mundo das carnes Premium: carne Angus”, completa Ana Doralina.

Ana Doralina realiza integração do Programa Carne Angus Certificada durante a última etapa classificatória do Freio de Ouro. Crédito: Jandora Alvim Marques

Compartilhar
0 comentários on Parceria entre ABCCC, Canal Rural e Angus mostra força da genética da raça no MS