click there for info
все о строительстве покупке по на новой риге
buying ig followers
buy instagram followers likes
instagram like buy
website here buy followers on instragram
pay for likes on instagram
guaranteed approval personal loans for bad credit

Pouco frio prejudica controle do carrapato

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
Foto: Carolina Jardine

O consultor da Elanco Ulisses Ribeiro fala dos desafios e de planos de controle de carrapatos no campo durante palestra no Sindicato Rural de Rio Grande. Foto: Carolina Jardine

O inverno com pouco frio registrado neste ano no Rio Grande do Sul vem colaborando para agravar os problemas com carrapato nos campos. Durante palestra na noite desta terça-feira (8/8), no Sindicato Rural de Rio Grande, o consultor da Elanco Ulisses Ribeiro pontuou que as esparsas geadas evitam a eliminação das larvas depositadas no campo, o que requer mais atenção dos criadores. “Quando se fala em controle do carrapato, é preciso pensar que 5% está no gado e 95% no campo. Diminuir a infestação do pasto passa por evitar a reprodução do parasita”, pontuou. O caminho para esse controle é o uso de químicos com eficiência, preferencialmente na primeira geração, que surge no início do verão, de forma a evitar infestação exacerbada no final de outono. Ribeiro pontuou as diferentes substâncias ofertadas atualmente para o controle, que se dividem em ação de contato e sistêmico.

O importante na escolha, recomendou o técnico, é levar em consideração os índices de resistência dos carrapatos presentes na propriedade. A sugestão é fazer um biocarrapaticidograma e alterar o manejo dos químicos de acordo com os resultados uma vez que a resistência é hereditária. Entre os desafios para o uso de Fluazuron (químico de ação sistêmica) é conscientizar os criadores que seu uso deve ser realizado de maneira estratégica na primeira geração.

O impacto do carrapato no gado envolve diferentes fatores. Entre eles está perda peso, gasto com produto, perdas no couro e baixa taxa de natalidade. Ribeiro citou estudo que indica que o prejuízo com o carrapato no país chega a US$ 3,23 bilhões ao ano. Além disso, a transmissão da tristeza é outra questão a ser atacada e que exige planejamento para que os terneiros adquiram imunidade à doença.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Compartilhar
0 comentários on Pouco frio prejudica controle do carrapato

Publicar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *